Publicados os trabalhos dos II e III Seminários Internacionais MAP-FGM de Bruxelas e Lisboa

Na Universidade
2018-01-09
Guia de Formação Académica Multissetorial Interativo sobre C/MGF
2018-01-26
Mostrar tudo

A equipa MAP-FGM tem o prazer de anunciar a publicação dos trabalhos dos seus 2º e 3º seminários académicos internacionais sobre Corte/Mutilação Genital Feminina.

Os trabalhos apresentados no Segundo Seminário Académico “Corte/Mutilação Genital Feminina na interseção da pesquisa de métodos qualitativos, quantitativos e mistos. Experiências de África e da Europa”, que aconteceu em Bruxelas entre 8 e 9 de junho de 2017, foram compilados num volume intitulado “Pesquisando o Corte/Mutilação Genital Feminina”. O livro é publicado pela Academic and Scientific Publishers Editions/VUB Press, e é editado por Els Leye e Gily Coene.

O seminário teve como objetivo discutir o valor agregado da pesquisa para o abandono do C/MGF, o que se deve ou não fazer e discutir recomendações para pesquisar o C/MGF. As sessões do seminário centraram-se no papel crucial da pesquisa para o abandono da mutilação genital feminina, e foram identificadas as lacunas de pesquisa, a necessidade de integrar uma perspetiva intersecional na pesquisa e foram identificadas avaliações das estratégias atuais sobre C/MGF. Oradores de países africanos e europeus partilharam exemplos da sua pesquisa de métodos qualitativos, quantitativos e mistos sobre C/MGF.


Pode fazer o download dos artigos “Corte/Mutilação Genital Feminina na interseção da pesquisa de métodos qualitativos, quantitativos e mistos – Experiências de África e da Europa “

Por outro lado, a equipa do ISCTE-IUL coordenou, editou e traduziu os trabalhos do seminário internacional que realizou em Lisboa, de 27 a 28 de setembro de 2017, sobre “C/MGF: Respostas Institucionais Integradas”. Além de duas oradoras principais, a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, e a Professora Fatou Sarr Sow, os capítulos do livro abordam os modelos de Combate e Prevenção do C/MGF na África Ocidental, a Implementação de Convenções sobre Direitos Humanos e Tratados na África Ocidental e as respostas institucionais às MGF no Reino Unido, Suíça e Serra Leoa, bem como em Portugal.

Neste livro inspirador, orientado para a prática, encontrará as contribuições de especialistas africanos e europeus como Catarina Marcelino (Capítulo 1), Fatou Sarr (Capítulo 2), Adriana Kaplan (Capítulo 3), Abdoulaye Doro Sow (Capítulo 4), Annemarie Middelburg (Capítulo 5), Alpha Amadou Bano Barry (Capítulo 6), Fatumata Djau Baldé (Capítulo 7), Owolabi Bjälkander (Capítulo 8), Filomena Djassi (Capítulo 9), Carla Martingo (Capítulo 10), Comfort Momoh (Capítulo 11) e Michela Villani (Capítulo 12). Os artigos estão disponíveis em duas línguas.

PDF